Transferências da semana – No fechamento da janela, Arsenal abre os cofres por Thomas Partey

Equipe de londres paga cláusula de rescisão de € 50 milhões do volante do Atlético de Madrid

A janela de transferências chegou ao fim na última segunda-feira (5) nas principais ligas europeias, e, com isso, chegamos ao nosso último transferências da semana com 8 movimentações de destaque. No famoso Deadline Day, quem roubou os holofotes foi o Arsenal, que desembolsou 50 milhões de euros (aproximadamente R$ 330 milhões) pelo volantes ganês Thomas Partey, do Atlético de Madrid.

O jogador era um desejo antigo da diretoria e do técnico Mikel Arteta. O brasileiro Edu Gaspar, executivo de futebol do clube, revelou que Partey já estava na sua lista há sete meses. O valor pode parecer exagerado (o site especializado Transfermarkt avalia o jogador em 40 milhões de euros), mas reflete uma negociação difícil, em que os colchoneros não aceitaram propostas menores e que acabou obrigando os Gunners a pagarem a multa rescisória do atleta.

Arte: André Martins

Com o Partey, o Arsenal ganha um volante extremamente preciso nas recuperações de bola, dando uma consistência ao meio-campo que Torreira, Xhaka, Elneny e Ceballos não proporcionam. Na última temporada, o ganês ganhou impressionantes 58,5% do seus duelos pelo chão, 66,4% pelo alto e teve uma média de 10,87 recuperações de posse por 90 minutos no campo do adversário, números maiores que todos os citados meias da equipe londrina.

Se a defesa foi apontada como culpada muitas vezes na última temporada, agora os Gunners têm um verdadeiro cão de guarda no meio-campo e que pode ser o elo que faltava com um ataque muito jovem e veloz, mas que ainda tem dificuldade quando enfrenta adversários mais fechados. Roubar a bola no campo de ataque com certeza será algo mais frequente na equipe de Arteta.

Alex Telles chega para reforçar o setor mais carente do Manchester United

Já faz tempo que a lateral-esquerda dos Red Devils tem sido um problema. Luke Shaw nunca rendeu o esperado e o jovem Brandon Williams não parece pronto para assumir a titularidade. Com pouco tempo restante de contrato no Porto, o United conseguiu um excelente negócio e trouxe Alex Telles por 15 milhões de euros (cerca de R$ 98 milhões) – o Transfermarkt avalia o jogador em 40 milhões de euros.

Arte: André Martins

Telles é um lateral que vai trazer excelente contribuição para o ataque de Manchester. Em Portugal, o brasileiro anotou 26 gols e 57 assistências em 195 jogos e conquistou 4 títulos. Cruzamentos, finalizações, bola parada e visão de jogo: o torcedor dos Red Devils tem tudo para ficar otimista com a nova contratação. Pelo menos pelas próximas 4 temporadas, o United não deverá ter mais dores de cabeça com a lateral-esquerda.

Douglas Costa retorna ao Bayern para esquecer lesões e recuperar o bom futebol

O Bayern de Munique repatria um jogador que teve muito destaque pelo clube, mas que sofreu com lesões na Juventus. Douglas Costa chega por empréstimo de uma temporada, e terá concorrência forte nas alas do gigante alemão – briga com Gnabry, Coman e Sané por vaga na equipe titular de Hansi Flick.

Arte: André Martins

Em sua última passagem pela equipe alemã, o ex-gremista anotou 14 gols e 18 assistências em 77 jogos, números melhores do que na equipe de Turim – 10 gols e 21 assistências em 101 jogos. De volta aos bávaros, Douglas Costa vai precisar se manter saudável para atuar em um Bayern elétrico e que costuma sufocar seus adversários por 90 minutos. É uma ótima chance de recomeço para um jogador que já provou inúmeras vezes sua qualidade.

Felipe Anderson acerta com o Porto e fecha mercado movimentado para os brasileiros

Revelado pelo Santos, Felipe Anderson se destacou pela Lazio na Itália e chegou ao West Ham com grandes expectativas em 2018. O início foi bom, mas, com a chegada de David Moyes ao comando da equipe, o brasileiro perdeu espaço no ataque e agora acerta com o Porto, em um empréstimo de uma temporada. Pelos Hammers, o ponta marcou 12 gols e deu 12 assistências em 73 partidas.

Arte: André Martins

Na equipe portuguesa, Felipe Anderson deve ter oportunidades no ataque do técnico Sérgio Conceição, que tem como principais opções pelos lados o mexicano Corona, o colombiano Luis Díaz e o português Otávio. Também vale lembrar que ele não chega sozinho: o clube também acertou os empréstimos do zagueiro Malang Sarr, do Chelsea, e do meia Marko Grujic, do Liverpool. Uma resposta importante para concorrer contra um Benfica que se mexeu bastante no mercado.

Reposição para saída de Partey

Se por um lado a contratação de Partey no Arsenal pode ter sido a de maior destaque no último dia da janela, a reposição do Atlético de Madrid não fica muito atrás. Lucas Torreira chega com um custo bem mais baixo, um empréstimo de um ano, e deve ser muito utilizado por Diego Simeone. 

O uruguaio não encaixava no novo sistema do Arsenal de Mikel Arteta, mas parece perfeito para os colchoneros. Com boa capacidade defensiva e velocidade de contra ataque, Torreira dará a dinâmica perfeita para o time de Simeone, além de ter um coração aguerrido que costuma a se destacar no clube espanhol. 

Preparado para vôos maiores

Surgindo como uma das grandes promessas italianas, Federico Chiesa demorou para apresentar um futebol consistente. Após boas temporadas pela Fiorentina, o atacante de 22 anos foi um reforço pedido por Andrea Pirlo e ficará 2 anos emprestados ao Turim. O acordo ainda obriga a Velha Senhora a comprar Chiesa por 40 milhões de euros (R$ 266,4 milhões) caso ele cumpra alguns objetivos. Vale lembrar que o empréstimo em si custou 10 milhões de euros (R$ 66,6 milhões).

O jovem terá a capacidade de se destacar jogando aberto, na ponta-esquerda, ou centralizado. A Juve espera ter contratado um jogador similar ao Chiesa de 2019/20, que fez 11 gols e deu 7 assistências em 37 jogos pela Fiorentina. 

Mais uma chance para o filho da lenda

Após deixar o Ajax, o esperado era que Justin Kluivert se destacasse na Roma, atingindo um nível prometido por um filho da lenda do Barcelona, Patrick Kluivert. Mas o jovem de 21 anos não conseguiu se destacar, marcando 9 gols em 68 partidas. 

A ida por empréstimo para o RB Leipzig garante uma segunda chance a Justin. O ponta direita terá a chance de se destacar em um time que segue com problemas nas alas e cujo ataque segue em reconstrução após a saída de Timo Werner. O técnico Julian Nagelsmann ganhou um reforço de peso no último dia da janela, agora é função do treinador utilizar o talento que tem em mãos da melhor maneira. 

O renascimento do vencedor da Copa de 2014

Mario Götze sempre será lembrado pelo último gol na Copa de 2014 que garantiu o título da Alemanha sobre a Argentina. Não só nas memórias dos torcedores alemães, mas na dos argentinos e brasileiros. O problema do meia é que aquele foi o último momento de destaque no futebol, passando despercebido por Bayern de Munique e Borussia Dortmund. 

Desvalorizado após o final de seu contrato em Dortmund, Götze tenta outros rumos e escolheu defender o PSV Eindhoven. Na Holanda, terá chances de brigar pelo título da Eredivise e levantar o troféu da Liga Europa, apesar de ser considerado mais improvável. A torcida é para que Götze saia da sombra da grande promessa criada ao seu redor e, quem sabe, o PSV seja um símbolo desse renascimento.

Autor: Intervalo em 5

Uma nova plataforma esportiva desenvolvida por 5 estudantes de jornalismo na Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo. Outros ângulos do esporte.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s