Dicas de NFL Fantasy #5 – Invista nas principais surpresas da temporada

Seja através de trocas ou waivers, não faltam opções confiáveis e promissoras para reforçar seu elenco.

Arte: André Martins

Um quarto dos jogos da temporada da NFL já passou e sua campanha no Fantasy está entre o céu e o inferno das quatro vitórias ou derrotas. Seja ocupando a liderança, a lanterna ou a “meiuca” da sua liga, é essencial saber como se aproveitar dos principais confrontos e das melhores apostas para manter a supremacia ou dar a volta por cima.

Fique tranquilo: toda semana, o Intervalo em 5 traz dicas para você que quer agregar valor ao seu roster e saber quem escalar no Fantasy da NFL. Para cada posição, sugestões de elite, “palpitões” da 2ª prateleira e apostas (um tanto) ousadas. Está na hora de saber em quais jogadores acreditar para ir atrás nos waivers ou em trocas.

Transcorridos quatro jogos, alguns jogadores se firmaram em suas equipes e tantos outros surgiram como apostas. Confira as dicas para essa rodada:

Quarterbacks:

Kyler Murray (ARI): Não deixe as duas derrotas consecutivas dos Cardinals te enganar: Kyler Murray é uma certeza no Fantasy. O quarterback teve uma queda nas últimas duas semanas, mas mesmo assim marcou 21.7 e 23.1 pontos, respectivamente, ambas atuações top-10 da posição nas rodadas. Levando em conta os quatro jogos da temporada, Murray é o sexto quarterback que mais pontuou, com uma média de 25.8 pontos por partida. O jogador é uma ameaça tanto no jogo aéreo como correndo com a bola, e de maneira alguma pode ser desvalorizado. Escale-o sem dúvidas ou vá atrás dele na sua liga!

Joe Burrow (CIN): Outro jogador no top-10 da posição, o quarterback novato dos Bengals está provando ser uma opção confiável para o seu time no Fantasy: média de 19 pontos por partida e 7 TDs totais neste primeiro quarto de temporada. O jogo desta Semana 5 contra os Ravens pode não parecer um duelo favorável, mas a franquia de Baltimore é a 10ª que mais cedeu pontos para quarterbacks (média de 21.4 por partida). Pelo rendimento em campo, não deixe Burrow no banco, ou então capitalize e troque-o com quem precisar de um QB titular.

Teddy Bridgewater (CAR): Os Panthers vêm de duas vitórias seguidas e Bridgewater é um dos grandes responsáveis por esses resultados. Após marcar somente 8.7 pontos na Semana 3 contra os Buccaneers, o quarterback de Carolina teve uma média de 21.3 pontos por partida nesta sequência positiva. Os Panthers tem o oitavo melhor ataque aéreo da liga e enfrentam o Atlanta Falcons na rodada, franquia que mais cedeu pontos de Fantasy para quarterbacks. É de se esperar mais uma exibição maiúscula de Bridgewater, disponível em mais de 50% das ligas na plataforma da NFL.

Running backs:

James Robinson (JAX): Mais uma vez, James Robinson aparece neste quadro, agora em outra situação. O undrafted rookie se firmou na titularidade dos Jaguars (esteve em 77% dos snaps ofensivos na última semana) e é o sexto da posição com mais pontos no Fantasy. Superou a etapa de aposta, não? O confronto desta semana é contra os Texans, rivais de divisão e que cederam uma média de 29.2 pontos por partida para running backs, segunda maior marca na liga. Robinson já garantiu um espaço fixo no elenco do seu time e esta rodada é mais do que propícia para que o jogador repita suas boas atuações.

Antonio Gibson (WAS): Selecionado na terceira rodada do Draft deste ano, Gibson vem de três partidas consecutivas marcando TDs terrestres. Contra a forte defesa dos Ravens na última rodada, foi bastantante eficiente também no jogo aéreo, com 82 jardas recebidas e 22.8 pontos no Fantasy. Apesar de ainda dividir o backfield de Washington, o running back está em ascensão e pode manter a tendência positiva no duelo contra os Rams, que cederam uma média de 19.1 pontos por partida para jogadores da posição.

Chase Edmonds (ARI): Enquanto Kenyan Drake decepciona tanto os torcedores dos Cardinals quanto seus detentores no Fantasy, o outro running back da franquia do Arizona está se beneficiando da situação. A diferença entre eles é de apenas 0.2 pontos nesse começo de temporada, sendo que Chase Edmonds vem de uma partida em que foi acionado cinco vezes no jogo aéreo, enquanto Drake passou em branco. A dominância no backfield ainda está longe, mas o envolvimento no plano de jogo da franquia está promissor. Edmonds é uma aposta que pode render dois dígitos de pontuação na rodada, ainda mais com os Cardinals enfrentando os combalidos Jets.

Wide receivers:

DeVante Parker (MIA): Mesmo sofrendo com desconfortos físicos, Parker atuou em todas as quatro partidas até aqui e é indiscutivelmente o alvo de segurança de Fitzpatrick. Foram 12 targets e 10 recepções para 110 jardas na rodada passada contra os Sewhawks, resultando em 21 pontos de Fantasy. Mesmo com apenas um TD na temporada, ele é o 19º WR no ranking da posição. Se os Dolphins quiserem triunfar no duelo desta semana contra os 49ers, a bola terá que passar pelo principal recebedor da franquia. No mínimo, DeVante Parker deve estar no Flex do seu time; se ele estiver no banco de algum adversário, não hesite em ir atrás dele.

Robby Anderson (CAR): Em seus primeiros quatro jogos pelos Panthers, Anderson recebeu 28 passes para 377 jardas e uma média de 18 pontos por partida. Seus números garantem uma colocação no top-10 da posição. A tendência para o duelo desta semana contra os Falcons, franquia que cedeu uma média de 26.1 pontos por partida para recebedores, é de mais um rendimento de elite no Fantasy para o recebedor. Não tem como deixá-lo mofando na reserva de algum time.

Justin Jefferson (MIN): Selecionado na 22ª escolha geral do Draft deste ano, Justin Jefferson soma 348 jardas e 1 TD em 16 recepções nos seus quatro primeiros jogos na NFL. Com uma média de 17.6 jardas por target, Jefferson lidera a liga neste quesito entre os WRs com mais de 10 recepções e é o 21º no ranking da posição no Fantasy. Nesta rodada, enfrenta a defesa dos Seahawks, a que mais sofreu pontos por partida de recebedores (46.1); na próxima semana, enfrentará os Falcons. Está esperando o que para ir atrás dele?

Tight Ends:

Evan Engram (NYG): Apesar do início de temporada tenebroso dos Giants, Engram é o terceiro tight end com mais targets na NFL (30), com uma média de 7.5 por jogo. Apesar disso, o jogador segurou apenas 17 dos passes e soma modestas 131 jardas, sendo apenas o 22º com mais pontos da posição. A baixa produtividade pode ser contextualizada pelo pífio rendimento geral da franquia, mas o grande volume de jogo em Engram é um indicativo promissor para o resto do ano. Ainda mais levando em conta os duelos das próximas semanas: Cowboys, Washington e Eagles, três franquias no top-6 dos que mais cederam pontos de Fantasy para tight ends. Aposte em Engram!

Eric Ebron (PIT): Com um envolvimento crescente no ataque dos Steelers, Ebron recebeu 5 passes para 52 jardas e marcou 1 TD na partida contra os Texans na Semana 3. Vindo de uma bye week, forçada pelo surto de Covid-19 na equipe e comissão técnica dos Titans que adiou a partida da rodada passada, a franquia de Pittsburgh enfrenta os Eagles, que cederam uma média de 14.6 pontos por partida para a posição. Além de ser uma ótima opção para a rodada, Ebron está disponível em mais de 50% das ligas na plataforma da NFL.

Kickers:

Sam Ficken (NYJ): Pode ser contraintuitivo apostar nos Jets, mas, se tem um jogador da franquia em condições favoráveis para render pontos no Fantasy, é o kicker Ficken. Ele não errou um chute na temporada e vem de uma partida em que marcou 5 field goals, anotando 18 pontos. Os Jets são a segunda equipe que menos chegou na endzone na temporada (6 TDs totais) e o QB Sam Darnold não atuará por lesão no duelo desta semana contra os Cardinals. As esperanças de pontuação recaem no outro Sam da franquia, mais especificamente nos pés do kicker.

Cody Parkey (CLE): Apesar do matchup contra os Colts, franquia que menos cedeu pontos e com mais interceptações (7) na temporada, Cody Parker é uma aposta interessante para a rodada. O kicker dos Browns tem uma média de 8.6 pontos por partida, e grande parte dessa pontuação vem de acertar os chutes pós-TD marcado pelo ataque da franquia: Parkey chutou 3 vezes mais extra points do que field goals. Contra os Colts, os Browns terão dificuldade em repetir a média de 39 pontos das três últimas partidas, e pode ser que Parkey tenha papel importante no resultado final chutando field goals – que rendem mais pontos de Fantasy. Tem retoques de ousadia, mas é uma aposta que pode recompensar.

Defesas:

Arizona Cardinals: Para além do ataque da equipe, a unidade defensiva dos Cardinals tem um confronto favorável nesta semana contra os Jets. Empatados com a outra franquia de Nova Iorque, os Jets têm o ataque com menos jardas totais (1.112) e o segundo que menos pontuou, com uma média de 16.8 por partida. A defesa dos Cardinals tem 11 sacks e é a nona que menos cedeu pontos na temporada, podendo render dois dígitos de pontuação nesta rodada enfrentando o abatido New York Jets. É um ótimo alvo de streaming de defesa para o seu elenco.

Miami Dolphins: Com 5 turnovers e 9 sacks na temporada, a defesa dos Dolphins é a outra aposta para a semana. Diante de um 49ers acometido por lesões e com o QB Jimmy Garoppolo questionável para o confronto, o matchup pode ser interessante para a unidade defensiva de Miami. Em uma rodada com confrontos parelhos e sem muitas defesas com duelos favoráveis para além das principais, apostar nos Dolphins pode ser uma boa saída.

Confira mais conteúdos de Fantasy Football no Intervalo em 5.

Autor: André Martins

Estudante 3º ano de Jornalismo ECA/USP

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s