Transferência da semana: Chilwell dá sangue novo à defesa do Chelsea

Lateral é o novo grande investimento dos Blues, que enfim buscaram peças para sua área mais problemática

Após ser banido de contratar jogadores por duas janelas, o Chelsea resolveu explorar o mercado sem medo de ser feliz. A conquista da vaga para a Liga dos Campeões e o acúmulo de dinheiro em caixa motivaram os Blues a arrematar grandes negócios, com destaque para o meia Hakim Ziyech e o atacante Timo Werner, que mudam o patamar ofensivo do time. Agora, a equipe resolve investir no setor mais defeituoso da temporada 2019/20: a defesa.

Arte: André Martins

A lateral esquerda precisava de um socorro, e ele veio a um preço salgado com Ben Chilwell. O inglês de 23 anos, titular da seleção, foi adquirido do Leicester City por cerca de 50 milhões de libras (R$ 366 milhões, na cotação atual) com a expectativa de trazer retorno técnico a curto, médio e longo prazo. É uma opção promissora e segura para uma defesa em reconstrução, capaz de contribuir em todos os setores do campo pela faixa esquerda. Além disso, a contratação desfalca um rival direto na Premier League, e a agressividade do investimento, apesar de assustar, é justificada pela necessidade.

O lateral formado nas categorias de base do Leicester City teve uma temporada 2019/20 de altíssimo nível, com três gols e quatro assistências em 33 jogos. Ele disputará a posição com Marcos Alonso e deve assumir a titularidade sem muitas dificuldades; ambos possuem características bastante ofensivas, mas o espanhol mostra graves inconsistências no posicionamento defensivo. Outra opção do elenco, Emerson Palmieri deve deixar o Chelsea nos próximos dias.

Um trunfo de Chilwell é a flexibilidade, e o treinador Frank Lampard certamente se beneficiará disso. Durante sua carreira, o jovem inglês também atuou algumas vezes como meia-esquerda e não teve dificuldades para equilibrar o ímpeto ofensivo com as responsabilidades na retaguarda. Para o Chelsea, que terá um elenco de grande profundidade no ataque, as possibilidades estão abertas para explorar sistemas com três zagueiros, como um 3-4-3.

Além disso, as características do jogador se encaixam bastante no sistema dos Blues, que valorizam passes curtos e verticais e investem em jogadas pelo lado do campo. Chilwell tem qualidade no passe para participar ativamente da construção de jogo e não poupa o fôlego para realizar ultrapassagens pela esquerda, bater o marcador e colocar a bola na área com qualidade. Velocidade e agilidade são dois atributos que não faltam ao atleta. Na defesa, entrega eficiência nos duelos aéreos e no “um contra um”.

Ele assinou contrato por cinco anos com o Chelsea, em mais um capítulo empolgante da empreitada dos azuis nesta janela de transferências. Enquanto isso, os Foxes procuram um substituto no mercado, e não terão facilidade para encontrá-lo.

Thiago Silva (Chelsea): um xerife para botar ordem na casa

Vamos aos fatos: a defesa do Chelsea sofreu 79 gols em todas as competições na temporada passada, o pior registro em 30 anos. Só na Premier League, foram 54. Se o trabalho com jovens funcionou no ataque, principalmente com Mason Mount, na defesa, o sucesso não se repetiu. Por isso, encontrar uma solução de elite como Thiago Silva, a custo zero, é uma oportunidade indispensável de mercado.

Arte: André Martins

O brasileiro de 35 anos deixa o PSG como ídolo e com muita reserva de futebol para brilhar na Premier League. O destino é o melhor possível e oferece ao zagueiro um time em ascensão, rico e que almeja voltar a brigar pelos principais títulos nacionais e continentais. Thiago Silva assume o topo da hierarquia na defesa dos Blues e pode ser um importante tutor para jovens como Fikayo Tomori, Ethan Ampadu e até mesmo Malang Sarr, o francês de 21 anos que chega do Nice também a custo zero e com status de titular.

Rodrigo (Leeds United): uma referência de ouro para Bielsa

De volta à Premier League após 16 anos, o tradicional Leeds encanta muitos com o bielsismo, mas a sobrevivência na liga também depende de boas contratações. Para um time cuja principal opção de ataque era Patrick Bamford – de muitas limitações técnicas –, Rodrigo Moreno é um tiro certeiro no mercado, apesar do investimento ousado de 30 milhões de euros (R$ 198 milhões).

Arte: André Martins

O atacante espanhol de 29 anos é mais um a seguir a debandada do Valencia, após 220 jogos e 59 gols pelo clube. Rodrigo também foi a principal peça ofensiva do time na última temporada, com 18 participações diretas em gols. Essencialmente, é um jogador de características semelhantes a Roberto Firmino: sai da área, prende bem a bola, tem ótimo passe e bom drible, além de ser um finalizador eficiente. No entanto, sua contribuição como criador, saindo do lado direito para trabalhar no meio com a canhota, deve sobressair.

Pedro (Roma): longe do auge, mas com a técnica de sempre

Novamente o Chelsea aparece na lista da semana; desta vez, com a saída do espanhol Pedro Rodríguez, que reforçará a Roma a custo zero. O veterano de 33 anos teve atuação apagada sob o comando de Frank Lampard – começou só 13 jogos como titular e contribuiu apenas com dois gols e três assistências em 2019/20 –, além de sofrer com lesões de menor grau durante a temporada. No entanto, ainda pode servir bastante aos italianos em um primeiro momento.

Arte: André Martins

A cria do Barcelona não tem a mesma velocidade de outrora, mas sua qualidade com a bola nos pés é inquestionável. O grande desafio na Itália é poupar seu desgaste físico, e uma opção é fazer a transição do jogador da ponta direita à função de camisa 10, mais centralizado, para ampliar sua contribuição na criação de oportunidades.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s